segunda-feira, 16 de abril de 2012

A CIÊNCIA TEM DE VERGAR-SE À POESIA

"- Ah, o amor! O que é o amor? Ninguém compreende. Neste ponto, a ciência tem de vergar-se à poesia.

 in Breve história dos tractores em ucraniano
Marina Lewycka

2 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Estamos de acordo...
Beijos, querida amiga.

Nilson Barcelli disse...

Podes "roubar" o poema.
Sei que me vais pagar tudo com juros e correcção monetária... eheheh...
Beijo, querida amiga.